domingo, 11 de agosto de 2013

CRUZEIRO E BOTAFOGO OS MELHORES


Está concluída a décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série “A” com destaque para a chegada do Corinthians ao G4. Nas demais posições a lamentar a campanha do São Paulo que amarga à penúltima colocação.
Jogando no Mineirão o Cruzeiro esbarrou no Santos e acabou empatando em zero a zero. Mesmo assim manteve a liderança. Apitou o catarinense Paulo Henrique de Godoy Bezerra. Renda: R$ 1.332.242 com 27.444 pagantes. Formou o Cruzeiro com Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Nilton, Souza, Ricardo Goulart e Martinuccio (Elber); Luan (Lucca) e Vinicius Araújo (Borges). O Santos com Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Mena; Alison (Leandrinho), Arouca (Alan Santos), Cícero e Montillo; Neílton (Thiago Ribeiro) e Henrique.
No Couto Pereira o Coritiba jogando muito mal perdeu para o Vasco da Gama por um a zero. Pedro Ken fez o gol logo aos 4 minutos. Apitou o gaúcho Leandro Pedro Vuaden. Renda: R$ 404.058 com 19.140 pagantes (21.269) público total. Perdeu o Coritiba com Vanderlei; Victor Ferraz, Leandro Almeida, Emerson (Bottinelli), Chico e Diogo; Willian Farias, Lincoln (Zé Rafael), Robinho e Alex (Sérgio Manoel); Geraldo e Deivid. O Vasco da Gama venceu de Diogo Silva; Fagner, Jomar, Rafael Vaz e Henrique; Abuda, Wendell, Juninho Pernambucano (Marlone) e Pedro Ken (Dakson); Eder Luís e Tenório (Edmilson).
No Estádio do Pacaembu o Corinthians não teve muitas dificuldades para derrotar o Vitória por dois a zero. Ralf aos 6 do primeiro e Alexandre Pato aos 6 da fase final marcaram os gols. No apito trabalhou o goiano Elmo Alves Resende Cunha (GO). Renda: R$ 849.836 com 25.603 pagantes. O Corinthians venceu com Cássio; Edenílson, Gil, Felipe e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Romarinho (Ibson), Danilo e Emerson (Léo); Alexandre Pato (Douglas). O Vitória perdeu contando com Wilson; Gabriel Paulista, Victor Ramos (Luiz Alberto), Fabrício e Tarracha (Mansur); Michel (Renato Cajá), Cáceres e Camacho; Maxi Biancucchi, Rômulo e Vander.
No Maracanã no clássico carioca o Flamengo jogou melhor e derrotou o Fluminense por três a dois. Hernane (2) e Elias fizeram os gols flamenguistas, Rafael Sóbis os tricolores. Dirigiu o jogo Luiz Flávio de Oliveira de São Paulo. Renda: R$ 1.793.425 com 29.538 pagantes. Venceu o Flamengo com Felipe; Leonardo Moura, Wallace, González e João Paulo; Luiz Antônio, Elias, André Santos (Val) e Gabriel; Nixon (Paulinho) e Hernane (Fernandinho). O Fluminense perdeu sua sétima partida no campeonato com Diego Cavalieri; Igor Julião, Digão, Leandro Euzébio (Diguinho) e Carlinhos; Edinho, Jean, Felipe (Roberth Kenedy) e Eduardo (Wagner); Rafael Sóbis e Fred.
Em Novo Hamburgo no Estádio do Vale Internacional e Atlético Paranaense empataram em dois a dois. O time colorado chegou ao empate aos 42 do segundo tempo. João Paulo abriu o placar para os paranaenses aos 37 segundos. O time colorado empatou com Juan aos 14. Na fase final Éderson aos 29 colocou o Atlético em vantagem O empate veio a três minutos do final com Otávio. Arbitrou o jogo o capixaba Pablo dos Santos Alves. Renda: R$ 224.460 com 8.436 pagantes, 10.028 torcedores presentes. Jogou o Internacional com Muriel; Ednei (Claudio Winck), Ronaldo Alves, Juan e Kleber; Airton, Willians, Alex (Caio) e D'Alessandro, Scocco (Otávio) e Leandro Damião. O Atlético Paranaense formou de Weverton; Léo (Jonas), Manoel, Luiz Alberto e Pedro Botelho; João Paulo, Zezinho, Everton e Paulo Baier (Juninho); Marcelo e Dellatorre (Éderson).
Na Fonte Nova o Grêmio Porto-Alegrense goleou o Bahia por três a zero com gols de Riveros, Maxi Rodriguez e Guilherme Biteco, todos no segundo tempo. O mato-grossense Wagner Reway esteve no apito e expulsou o zagueiro Titi do Bahia. Renda: R$ 713.207 com 18.498 pagantes. Venceu o Grêmio com Dida; Moisés, Bressan, Werley, Rhodolfo e Alex Telles; Adriano, Riveros (Guilherme Biteco) e Elano (Maxi Rodriguez); Ramiro (Matheus Biteco) e Barcos. Perdeu o Bahia com Marcelo Lomba; Neto (Diones), Rafael Donato, Titi e Raul; Rafael Miranda; Fahel, Hélder e Marquinhos Gabriel; Wallyson (Anderson Talisca) (Lucas Fonseca) e Fernandão.
No Canindé a Portuguesa de Desportos bateu o São Paulo por dois a um jogando o time da Fé para a penúltima colocação. Diogo marcou os gols da lusa, Lucas Evangelista descontou. Rogério Ceni perdeu novamente uma penalidade máxima defendida pelo goleiro Lauro. Dirigiu o jogo o carioca Rodrigo Nunes de Sá. Renda: R$ 274.800 com 8.593 pagantes. Ganhou a Portuguesa com Lauro; Luís Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Willian Arão (Correa), Bruno Henrique, Moisés e Souza (Jean Mota); Diogo e Gilberto (Bruno Moraes). O São Paulo foi derrotado com Rogério Ceni; Douglas, Rafael Tolói, Rodrigo Caio e Reinaldo; Wellington, Fabrício (Osvaldo), Lucas Evangelista e Jadson (Paulo Henrique Ganso); Aloísio e Luís Fabiano.
Em Campinas no Estádio Moisés Lucarelli a Ponte Preta de Paulo César Carpegiani no dia em completou 113 anos derrotou o Criciúma por três a um. William, Arthur e Éverton Santos golearam para a macaca, Lins descontou. No apito esteve o paraense Dewson Fernando Freitas da Silva. Renda: R$ 55.192 com 6.008 pagantes. A Ponte Preta ganhou utilizando Roberto; Arthur, César, Diego Sacoman e Uendel; Magal, Régis Souza, Éverton Santos (Giovanni) e Chiquinho (Ferrugem); Rildo e William. O Criciúma perdeu mais uma com Helton Leite; Sueliton, Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa (Leonardo Moura) e Marlon; Amaral (Crispim), Leandro Brasília (Bruno Lopes), Gilson e Ivo; Lins e Cassiano.
Ontem Botafogo e Goiás empataram em  um a um na Arena Mané Garrincha em Brasília. Rafael Marques marcou para o Botafogo e André Bahia contra empatou. Renda: R$ 1.440.765 com 23.322 pagantes. ***** Na Arena Pernambuco Náutico e Atlético Mineiro empataram em zero a zero. Renda: R$ 508.430 com 19.997 pagantes.
Classificação
O líder é o Cruzeiro com 25 pontos, saldo de 15 gols seguido do Botafogo também 25 com saldo de 8 gols. Na sequência aparecem Coritiba 23, Corinthians 21, Atlético Paranaense e Internacional 20, Grêmio Porto-Alegrense, Vitória e Bahia 19, Vasco da Gama 18, Flamengo e Goiás 17, Ponte Preta 15, Fluminense e Santos 14, Atlético Mineiro e Portuguesa de Desportos 12, Criciúma 11, São Paulo 9 e Náutico Capibaribe 8.

Um comentário:

Adalberto Day disse...

Edemar
Parabéns pelo sempre e a rápida atualização do campeonato brasileiro em seu Blog. Para os tricolores do amigo não foi bom, mas para o meu Vasco foi bom. Surpreendentemente a equipe cruzmaltina jogou um futebol bem melhor que em outros jogos e venceu com autoridade o coxa.
Adalberto Day cientista social e pesquisador da história em Blumenau, cidade que nasceu Edemar Annuseck, e Vera Fischer. E que também morou o naturalista Fritz Mueller.