segunda-feira, 12 de outubro de 2015

RÁDIO E ESPORTE



O rádio esportivo e o rádio como um todo tem histórias sensacionais. O "Menininho" Vanderlei Ribeiro, grande narrador esportivo trabalhou em muitas emissoras entre as quais a Globo do Rio e São Paulo, Record, Jovem Pan e atualmente está na Transamérica, Ele teve uma primeira passagem curiosa na Jovem Pan. Na estreia ao anunciar o comentarista Randal Juliano trocou as bolas dizendo... E a opinião Jovem Pan é de Juliano Randal. Prontamente o repórter Geraldo Blota (GB) interrompeu dizendo: VC está lendo muito as listas telefônicas né Vanderlei. Ele estreou na Jovem Pan e ao ser escalado para a cobertura do Carnaval acabou sumindo e só voltou para a emissora lá por 1977-78.
.
Na foto Vanderlei Nogueira, Fausto Silva, Cândido Garcia
 e Flávio Adauto.
Na cobertura do Carnaval de 1973 no Rio de Janeiro em plena Avenida Presidente Vargas o então Repórter Esportivo da Jovem Pan Fausto Silva, Faustão, deitou e rolou. No horário reservado para a Voz do Brasil ele fez a festa. De posse do microfone sem fio Motorola que pesava uns 5 quilos percorreu a avenida e foi entrevistando autoridades. As pessoas agradeciam a lembrança e a entrevista. 

Vocês sabiam que o grande jornalista Milton Parron também foi Plantão Esportivo. Foi nos tempos da Jovem Pan. Para dar folga ao titular Narciso Vernizzi, ele era escalado. Lembro bem do primeiro jogo (inteiro) que transmiti em teste na Jovem Pan. Era uma quinta-feira. Eu estava lá no Maracanã ao lado de Orlando Duarte, Fausto Silva, Israel Gimpel e de Paulo Travaglia operador de externa. O Santos derrotou o América por dois a zero gols de Alcindo e Nenê, em 19 de Outubro de 1972. Milton Parron estava lá firme e forte passando as informações no Plantão Esportivo Permanente. Em 1968 Milton Parron foi o único jornalista presente em Santa Cruz de La Sierra documentando o casamento de Roberto Carlos com Nice.

Oswaldo Brandão não só foi um treinador vitorioso no futebol como sabia fazer amigo como poucos. Ele tratava a imprensa com uma fidalguia bem diferente do que se vê hoje. Lembro que certa feita após um jogo em Aracaju, na estreia de Edson no Palmeiras, Brandão preparou uma grande quantidade de mariscos e distribuiu entre as pessoas que estavam jantando no local. Oswaldo Brandão também conhecido como “Caçamba” era natural da cidade de Taquara no Rio Grande do Sul. Brandão depois de dar muitos títulos ao Palmeiras, São Paulo e o esperado de 1977 do Corinthians, faleceu em 29 de Agosto de 1989 aos 73 anos.

Na Copa do Mundo de 1990 na Itália os repórteres Luís Carlos Ribeiro (Tupi-SP) e Jorge Soares (Clube de Pernambuco) deram um Show de cobertura da Seleção Brasileira. Luís Carlos Ribeiro entrevistou a esposa de um dos jogadores da Seleção Brasileira que contou das confusões e desencontros entre os atletas. A entrevista – exclusiva – foi reproduzida por rádios e emissoras de televisão.  Luís Carlos Ribeiro atua hoje como apresentador da Rede TVT de Televisão.

Já Jorge Soares está na Rádio Olinda de Pernambuco. Ele teve uma passagem curiosa nos tempos de Barbosa Filho na Rádio Clube de Pernambuco como conta o site www.pernambola.com.br “O Repórter Jorge Soares foi demitido no ar em plena jornada esportiva da Rádio Clube pelo Barbosa Filho. Aconteceu que Jorge errou a pronuncia do goleiro da Seleção da Rússia que jogava na Ilha do Retiro contra a Seleção Cacareco, quando de repente o Comentarista Barbosa Filho chamou a atenção do seu comandado. Meu caro Jorge Soares trabalhe sério e correto no Escrete Titular do Rádio, agora aproveite e passe amanhã cedo no 3º andar para acertar suas contas".

Em 1975 conheci um jornalista dos mais qualificados do Brasil... Milton Galdão. Trabalhava no Popular da Tarde na área do esporte. Ficamos amigos depois de passarmos uma semana em Caracas para a cobertura do jogo da Copa América (na época Campeonato Sul-Americano) em que o Brasil goleou a Venezuela por quatro a zero, gols de Palhinha (2), Romeu e Danival. Nessa partida realizada em 30 de Julho de 1975, Milton Galdão participou da minha transmissão pela Jovem Pan. João Milton Galdão faleceu aos 54 anos em 18 de Março de 1979. Foi presidente da Associação dos Cronistas Esportivos de São Paulo de 1966 a 1968.

Os rumores de sua saída já vinham sendo acumulados nos últimos dois anos. Na semana que passou o narrador esportivo Marco Antônio Pereira, 56 anos deixou a Rádio Gaúcha de Porto Alegre depois de quase 24 anos (em duas passagens) na emissora. O destino de Marco Antônio com certeza será a Rádio Guaíba que já de há muito se ventilava. Resta saber quem a Gaúcha vai contratar para substituí-lo. 

2 comentários:

JASouza. disse...

Poderia ser você, por que não?

Adalberto Day disse...

Edemar, sensacional essa matéria onde podemos relembra nomes importantes que passaram por vários setores da imprensa, rádios no Brasil.
Adalberto Day cientista social e pesquisador em Blumenau