segunda-feira, 12 de agosto de 2013

A TELEVISÃO MANDA NO FUTEBOL!


O craque paranaense Alex concedeu entrevista ao jornal esportivo Lance falando sobre nosso futebol, mandos e desmandos. Agradeço as declarações do Alex para mostrar que não estou pregado sozinho no deserto. Hoje o futebol do Brasil depende em primeiro lugar das verbas distribuídas pela Rede Globo detentora dos direitos dos campeonatos. Depois entram na somatória dos rendimentos as publicidades nas camisas, vendas de camisas e as mensalidades dos associados. Essa última atividade está sendo reativada pelos clubes brasileiros. Nunca deveriam ter esquecido seus torcedores, seus associados, mas, maravilharam-se com as verbas distribuídas pela televisão e muitos se esqueceram dos seus torcedores. Acontece que o futebol ficou caro demais para os clubes e mesmo como todos esses recursos tem clube com a “corda no pescoço”. Suas dívidas aumentaram e não há como diminuí-las. O futebol continua sendo o grande produto da televisão, por enquanto. Alex disse na entrevista que jogar às 21h50 ou 22 horas está fora da realidade brasileira, e está mesmo. Acontece que isso começou a ser adotado por determinação da televisão. Assim como o artilheiro Saulo do Paraná Clube afirmou que os empresários escalam as equipes nos dias de hoje, a televisão marca os jogos que lhe interessa para os horários que lhe interessa. Essa é a realidade do futebol brasileiro. Alguém tem dúvida disso? É isso aí.

Um comentário:

JASouza. disse...

Nos anos 70, o Inter de Porto Alegre chegou a vetar a utilização do
estacionamento para os associados no interior de seu estádio, em dias de jogos no meio da semana, pois este já se encontrava reservado aos alunos de um cursinho pré-vestibular funcionando nas dependências locais.
E depois não sabem por que muita gente acaba inutilizando suas carteiras sociais...