quinta-feira, 14 de julho de 2016

O FUTEBOL DE HOJE

A eliminação do São Paulo FC - último dos cinco clubes brasileiros – na Copa Libertadores da América provocou os mais diferentes comentários dos torcedores a favor e contra. A organização dos jogos, os estádios modernos com excelentes acomodações e gramados de alto nível são mudanças que se tornaram necessárias até pelas exigências da televisão. Na contramão de tudo isso o futebol praticado também mudou e a opinião do torcedor também. A falta de qualidade também mudou a análise do torcedor. Torcer pelo clube do coração deu lugar ao “fanatismo”.  Pela carência de jogadores de nível o futebol mudou demais – e pra pior – dentro e fora de campo. O futebol virou produto de consumo, nada mais que isso. A decisão da Eurocopa e em jogos recentes de competições nacionais e internacionais o que mais se vê são maratonistas correndo atrás da bola, com pouca qualidade. É isso aí.

Um comentário:

JASouza. disse...

Virado num amontoado de jogadores sem um mínimo padrão de jogo e completamente perdidos em campo, de nada adiantou chamar o ídolo Falcão para salvar a pátria, ainda mais desfalcado de Willian e Rodrigo Dourado, servindo a Seleção Olímpica, não restou a este Internacional trocar de treinador mais uma vez.
Que nem aquela piada da cerveja - "não tem outro, vai de Roth mesmo!" - aliás, uma 'estepe' para qualquer time do Brasil.