terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

TÉCNICOS, JOGADORES E DIRIGENTES


Afinal quais são os problemas do futebol no Brasil? Técnicos, jogadores, ou dirigentes? Um assunto pra ser colocado em discussão para quem acompanha nosso futebol. Vejo a situação cada vez pior. A falta de qualidade é flagrante dentro e fora de campo. Treinadores ultrapassados, treinadores da nova geração ainda por aprender muito e jogadores cada vez com menos qualidade. E as pré-temporadas pelo visto pouco acrescentam. Os times em sua maioria não têm jogadas ensaiadas, não tem esquemas táticos e o condicionamento físico tem deixando muito a desejar. Isso dá a entender que a pré-temporada no futebol é mal feita. As constantes mudanças nas escalações das equipes – de jogo pra jogo – só serve para não dar conjunto aos times. Não se pode esquecer às más administrações dos clubes na contratação de técnicos e jogadores. Salários fora dos orçamentos e da realidade. E o torcedor? O torcedor que não é bobo prefere ficar em casa comprando pay per view dos jogos. Nosso futebol está em declínio cada vez maior. Com isso as grandes empresas vão se afastando de investimentos publicitários. Confesso que temo pelo futuro do nosso futebol. É isso aí.


Um comentário:

JASouza. disse...

Que tal fazer uma matéria sobre os atuais "maestros" do nosso futebol.
Veja bem, com o empréstimo de D'Alessandro para o River da Argentina, resultou o Colorado na Série B. E com a volta desse atleta, a casa vai-se arrumando. Nesse último Grenal, Rodrigo Dourado e Ortiz discutiam posicionamento dentro de campo e o "gringo" chamou-lhes a atenção, orientando-os para a disputa correta, quer dizer, treinou o time em plena partida, demonstrando sua grande capacidade de liderança e conhecimento técnico- vai emplacar algum dia...
E agora finalmente reconhecem o outro "maestro" no Grêmio, Douglas craque da Copa do Brasil, insubstituível pela longa recuperação do músculo lesionado, apesar da grande fase de Bolaños que obrigou o técnico Renato a mudar seu esquema tático.
Acredito que ainda se assista o boa orquestração desses e de outros "maestros" por aqui!